-
-
5,846 f
2,830 f
0
1.8
3.6
7.2 mi

Viewed 530 times, downloaded 33 times

near Lumiar, Rio de Janeiro (Brazil)

Saímos do Rio às 5 h, eu (Cláudia Bessa), Filipe e Berardi para compensar o tempo que levaríamos para chegar. Em Lumiar, lembramos do trecho de trilha de Boa Esperança de Baixo, que não conhecíamos e seria uma boa oportunidade para percorrê-lo. Paramos numa vendinha e o senhor nos explicou mais ou menos como chegar. Deveríamos voltar na praça, passar pela ponte e seguir a placa da Pousada Parador Lumiar. Mais adiante perguntamos a outra pessoa esta nos indicou passar duas pontes, seguindo as placas da pousada Espírito das Águas, passando da entrada ao depararmos com bananeiras estacionar o carro por ali.
A trilha começa à esquerda do sítio Pertinho do Céu, paralela a uma cerca de outra propriedade.
Comparando os dois trechos:
Trilha Boa Esperança do Alto:
Distância da Praça até o início da caminhada (estrada de terra ruim): 3,6 Km
Distância do início da caminhada até a junção das trilhas: 1,1 km
Condição: razoável.
Trilha Boa Esperança de Baixo:
Distância da Praça até o início da caminhada (estrada de terra boa): 2,5 Km
Distância do início da caminhada até a junção das trilhas: 1,7 km
Condição: muito boa.
Em novembro de 2016, estivemos abrindo uma trilha para esse cume que achávamos ser o Moleson. Revendo o que fizemos concluímos ser o Marchon cume sem trilha no TRC - Brasil. Na localidade em torno da pedra todos desconhecem esse nome sendo chamado por Boa Vista. Utilizando o Google Earth vemos que há uma crista bem a direita saindo de uma propriedade. Dessa vez com visibilidade temos a dimensão exata do que poderia ser uma subida viável. Sem desprezar nosso trabalho anterior vamos ganhando altitude em direção a crista da direita. O que vem a ser uma tarefa nada fácil. Pois a vegetação constituída bambus finos e flexíveis cerrava a passagem. Muita vezes me vi rastejando pelo solo para abrir brechas. Só assim consegui empunhar o facão e cortar. Outras vezes era um manto de trepadeiras que nos mantinha suspensos sem tocar o solo. Esse contato íntimo com o chão valeu-me mais de vinte picadas pelas pernas de algum inseto incomodado pela minha passagem.
O fato é que quando estávamos, esmorecidos, a beira da desistência de alcançarmos o cume dessa vez chegamos ao que chamo de crista. É o tempo de verificar que o desnível seria de duzentos metros a ser percorrido em linha reta em 223 m. Era o que bastava para ligar as turbinas. Passo a frente e sem tomar conhecimento do meu problema na mão colaboro na reabertura dessa trilha. Encontramos cortes e até rastros de caminhos próximo ao cume.
A vista é recompensadora. Para nós um deslumbre de um ângulo ainda inédito. Vemos ao fundo as montanhas do Parque Estadual do Desengano. Bem mais próximo o Frade de Macaé.
Detalhe pela carta do IBGE consta esse cume alto. Já o Google Earth ignora.
- Como chegar:
Parada Modelo, Cachoeiras de Macacu em Nova Friburgo saímos à direita para Lumiar.
Da praça de Boa Esperança até o início da trilha são cerca de 2,50 Km.
Intersection

Direita: 9:37. 18:27.

Waypoint

Esquerda do sítio Pertinho do Céu: 8:43. 19:00.

panorama

Início da crista: 14:33. 16:44.

Intersection

Junção com a trilha de Boa Esperança de Cima: 9:33 / 9:26. 18:25.

panorama

Mirante .

panorama

Morro Queimado: 11:00 / 11:30.

Summit

Pico do Marchon: 16:00 / 16:10.

Bridge

Ponte e praça em Boa Esperança

Waypoint

Pousada Parador Lumiar

fountain

Rio 1: 9:58. 18:03.

fountain

Rio 2: 10:17. 17:47.

Intersection

Saída da trilha principal à esquerda da trav Boa Esperança x Sana: 11:37. 17:21.

panorama

Subida íngreme pela encosta: 12:29. 16:59.

Sports facility

Travessia de rio 2 e esquerda: 8:59. 18:49.

Sports facility

Travessia de rio: 8:45. 18:58.

1 comment

  • Photo of Luís Eduardo (Caôca)

    Luís Eduardo (Caôca) Jul 3, 2018

    I have followed this trail  verified  View more

    Fizemos a trilha seguindo o Tracklog do Berardi em 30.6.18, um ano e tres meses depois da Cláudia Bessa, Filipe e Berardi terem feito a abertura e pelo que vimos ninguém mais passou por lá. Todas as dificuldades relatadas pela Cláudia também encontramos, pois os bambuzinho cresceram muito. Achamos as marcas deixadas, mas algumas vezes as perdiamos, tornando acha-las mas adiante. Tivemos muito trabalho, Eu ( Luís Eduardo), Bira e Rômulo para cortar os bambus. Gastamos 6 horas do inicio até o cume, mas para voltar gastamos 2:30. Na subida o visual para a região dos lagos e Norte Fluminense é muito linda e um pouco mais abaixo do cume, um visual para a Serra de Trajano, Friburgo e Macaé, com destaque para o Moléson, Peito de Pombo e Bicuda Grande. Como sou Macaense, sempre quis ir nessa montanha que é divisa de Macaé com Friburgo e é a segunda mais alta de Macaé e Norte Fluminense, no meu GPS, registrei 1788 mts. Mais uma vez agradeço aos amigos Berardi e Cláudia por possibilitarem irmos a lugares tão incríveis.

You can or this trail