Download

Distance

2.35 mi

Elevation gain

10 ft

Technical difficulty

Easy

Elevation loss

10 ft

Max elevation

98 ft

Trailrank

29

Min elevation

-11 ft

Trail type

Loop

Time

2 hours

Coordinates

362

Uploaded

July 10, 2020

Recorded

January 2020
Be the first to clap
Share
-
-
98 ft
-11 ft
2.35 mi

Viewed 61 times, downloaded 5 times

near Ilha das Peças, Paraná (Brazil)

Dificuldade Física: FÁCIL
Dificuldade Técnica: FÁCIL
Dificuldade de Orientação: DIFÍCIL

Na Ilha das Peças, situada no estado do Paraná, existem três antigas torres de concreto com aproximadamente 20 metros, que no passado mantinham um sistema de comunicação visual com os barcos que trafegavam entre a Ilha do Mel e Ilha das Peças, sentido à cidade de Paranaguá. Atualmente, uma dessas torres está tombada na praia desde 2006, uma outra esta num local de fácil acesso próximo à vila e a terceira torre está situada na floresta que existe no interior da ilha, em um local de difícil acesso. Quando os nativos da Ilha souberam que estávamos de passagem pela ilha e caminhando desde a Ilha do Cardoso, eles fizeram questão de comentar sobre a tal da "Torre da Mata" que é conhecida apenas por moradores locais e mesmo assim poucos deles já se aventuraram indo até lá. Alguns dos nativos não recomendaram a ida até a torre, pois se tratava de um local que a muito tempo não recebia a visita de ninguém e a trilha estaria muito fechada...Devido a todo esse mistério e dificuldade, fizemos questão de tentar conhecer o local e agora conto um pouco mais sobre o percurso que requer bastante atenção em alguns trechos...
A partir do campo de futebol, na Vila das Peças, o caminho é largo e tranquilo. A picada (trilha) começa a poucos metros antes de chegar ao depósito de lixo dos moradores da vila. Ao entrar na picada, o caminho ainda que seja de pouca visibilidade, é relativamente tranquilo de ser seguido. Em certo momento você notará que o chão estará cheio de conchas brancas. Essas conchas formam um Sambaqui (antigo sistema indígena para enterrar os mortos), que há muito tempo atrás existiu naquele local. Poucos minutos após passar pelo Sambaqui, a floresta dá espaço a uma vegetação mais baixa e sem a presença de árvores. A partir desse momento o caminho se torna bastante confuso. A picada parece ficar ainda mais estreita e te levará a um curso de vegetação arbustiva com um mangue à sua esquerda. Em certo momento, é necessário cruzar esse mangue à esquerda, até o outro lado onde ainda a mata segue com vegetação baixa, beirando uma floresta. Quando terminar o mangue, siga à direita caminhando em linha reta e beirando a floresta que estará à esquerda. Em certo ponto devemos entrar à esquerda, seguindo por uma picada que terminará em frente à Torre da Mata. A vista do alto da torre é fantástica!! Ao subir devemos ter cuidado com a escada de cobre que é muito antiga e serrada em alguns pontos. Também notei a presença de casas de marimbondos na subida ao alto da torre, sendo assim, cuidado! No alto da torre é possível ver a copa das árvores de cima e no horizonte a Ilha do Mel e montanhas das serras paranaenses. Antes de finalizar o relato, preciso dizer que esse percurso, principalmente o trecho do mangue, é o local onde mais sofri com mosquitos em toda minha vida. Ilhabela foi vencida!!

View more external

Waypoint

Atravessar o mangue.

Monument

Torre da Mata.

Waypoint

Vila das Peças.

Comments

    You can or this trail