Time  5 hours 19 minutes

Coordinates 1354

Uploaded December 19, 2015

Recorded December 2015

-
-
4,033 f
2,715 f
0
1.4
2.8
5.67 mi

Viewed 1258 times, downloaded 82 times

near Cardeal Mota, Minas Gerais (Brazil)

Trajeto até o complexo de cachoeiras Congonhas passando pelo Caminho dos Escravos.

COMO CHEGAR:
A trilha tem início próximo a portaria para a Cachoeira Veu da Noiva. Saindo de Belo Horizonte, siga pela MG-010 para a Serra do Cipó. Após cruzar a ponte estreita sobre o Rio Cipó, continue pela MG-010 (via principal) até o fim da vila, onde fica a entrada para o Véu da Noiva. Deixamos os veículos em uma rua lateral próximo a um bar, não pagamos por isso.

A TRILHA:
A primeira parte da caminhada é a subida do Caminho dos Escravos, que é bastante puxada e exige um bom condicionamento físico. Parte do trecho é calçada. Assim que a subida estabiliza seguimos por trilha bem batida, cruzando o riacho que forma a cachoeira Véu da Noiva.
Cruzamos o riacho mais uma vez, em uma área de capoeira e saímos na estradinha do Condomínio Bosque do Sol, onde tomamos à direita. Após a última casa, que está meio abandonada, deixamos a estradinha para subir por uma trilha batida à esquerda, que a princípio segue margeando a cerca. Depois de alguns capões de mata, saímos novamente em campo rupestre e enfrentamos uma curta subida mais acentuada.
Cruzamos um trecho de campos de altitude, onde algumas vaquinhas costumam pastar. Vamos nos aproximando de um morrote, um afloramento rochoso, próximo a ele passamos pela cerca do Parque Nacional da Serra do Cipó.
Após a entrada no parque a trilha estabiliza e apresenta subidas e descidas curtas. Logo passamos pelo ponto mais alto da rota, onde se tem uma visão privilegiada da Serra da Bandeirinha, Lagoa Dourada e da Farofa, além do vale do ribeirão Mascates.
Do "mirante" em diante a trilha se caracteriza por uma longa descida até o Ribeirão Congonhas, ora suave, ora acentuada, sempre por campos rupestres.
Chegamos ao leito do ribeirão na altura da Cachoeira Congonhas do Meio. Na verdade não é uma cachoeira, apenas corredeiras do ribeirão que desaguam em um poço mediano, ótimo para nadar. O local é bastante exposto ao Sol.
Depois nos deslocamos para Congonhas de Baixo, que tem uma bonita queda e um poço médio, também bom para o banho. A jusante da cachoeira pequenas piscinas naturais são formadas no leito do ribeirão.
Nossa última investida foi a Congonhas de Cima, também acessível por trilha. O local também apresenta uma bonita queda e um poço excelente para o banho.

CONSIDERAÇÕES:
- De uma forma geral, é uma trilha de baixa dificuldade técnica, mas que exige algum condicionamento físico pela distância a ser percorrida e pelas subidas cansativas;

- Não há qualquer infraestrutura no local, leve o de comer e o de beber;

- De forma alguma deixe lixo no local, estamos em uma unidade de conservação Federal;

- Grande parte do trajeto é por áreas expostas, use chapéu e protetor solar;

- Embora esteja na área de um Parque Nacional, o complexo de cachoeira Congonhas possui acesso livre e gratuito;

- De um modo geral o complexo é pouco visitado, tornando-o uma ótima pedida para feriados e dias em que a região do Cipó está movimentada;

- Em caso de chuva forte, pode haver a formação de cabeças d'água em alguns pontos da rota. Não cruze os corpos d'água nessa situação.

View more external

Parking

Bar / Estacionamento

Information

Início Caminho dos Escravos

panorama

Mirante

River

Rio

fountain

Água

Waterfall

Poço

Information

PN Serra do Cipó

Waterfall

Congonhas do Meio

Waterfall

Congonhas de baixo

Waterfall

Congonhas de cima

Comments

    You can or this trail