Time  6 hours 33 minutes

Coordinates 1884

Uploaded December 18, 2016

Recorded December 2016

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
4,017 ft
2,114 ft
0
2.2
4.5
9.0 mi

Viewed 5384 times, downloaded 365 times

near Vilarinho das Furnas, Braga (Portugal)

FOTOS DESTA E DE OUTRAS TRILHAS EM ”CAMINHANTES"

O trilho do Pé de Cabril realizado tem início/fim na Portela de Leonte, junto à antiga casa do Guarda Florestal. Desenvolve-se em plena Serra do Gerês, sendo o resultado da junção de velhos trilhos que resultou num conjunto muito bonito e diversificado, com condições para ser feito, exclusivamente, a pé. É um percurso com um grau de dificuldade médio a elevado, sendo recomendado para pessoas com alguma preparação física e experiência. Não é garantida a oportunidade de abastecimento de água ao longo do percurso (não tem bicas de água durante todo o ano).
Saindo da Casa do Guarda Florestal de Leonte seguimos o percurso do Pé de Cabril em direção à Junceda. O percurso inicia-se por um trilho antigo situado na parte de trás da casa de Leonte. Subida fácil tem como pontos de interesse a visualização do traçado de mais de 26 Km da falha Gerês/Lóbios por onde passa o Rio Homem, um resto de pinheiros selvagens de espécie só existente no PNPG e um pouco mais acima a panorâmica para a Serra Amarela e as antenas da Louriça. Chegados ao Pé do Cabril fizemos tentativa de ascensão ao cume (1236m), mas devido ao vento forte ficamos pelos 1200m. Este cume é um dos mais visíveis e um dos mais facilmente reconhecíveis para quem observe ao longe a serra do Gerês. Este pico atinge uma altitude máxima de 1236 metros e possui uma proeminência de 373 metros o que faz desta montanha a 12ª mais alta da serra do Gerês (50ª mais alta de Portugal continental) e a 3ª mais proeminente desta serra (27ª mais proeminente de Portugal continental). Desde o topo desta montanha pode ver-se a parte ocidental da serra do Gerês incluindo picos como o Pé de Medela, o Borrageiro, o Tonel, o Piorneiro, o Alto de Modorno, e a Chã da Presa. Também visível e muito próxima está a serra Amarela que se avista do outro lado da albufeira de Vilarinho das Furnas e onde podemos facilmente identificar a Cruz de Touro e a Louriça. A sul pode observar-se a parte oeste da serra da Cabreira. Ao longe são visíveis as serras da Cabreira, de Fafe Basto e da Peneda.
Depois de algumas fotos do cume, descemos e continuamos o percurso, entramos em terras aforadas de Campo do Gerês e no caminho encontramos um antigo abrigo, o Abrigo do Prado Amarelo. Este tipo de abrigo é uma estrutura comum nos prados de altitude e serve para abrigar os vezeiros durante o tempo que permanecem, ou permaneciam, com os gados na serra. Aproveitamos o local para o reforço da manhã. Já com o estomago mais aconchegado seguimos em direção ao Penedo Furado e Prado do Gamil, local com uma bica de água que permite o abastecimento, caso seja necessário. O trilho prossegue agora até às Silhas do Corro do Velho. As três Silhas do Corro do Velho albergavam os cortiços de onde os habitantes destas terras obtinham o mel. As Silhas são, portanto, estruturas que protegem os cortiços. Começaram a ser construídas na Idade Média como forma de proteger o mel dos animais, especialmente dos ursos. São uma espécie de recintos de pedra, no caso das Silhas do Corro Velho, de granito, que podem ter vários metros de altura e apresentar elaborados remates na face exterior.
Pouco depois estávamos na margem direita do Ribeiro da Roda o qual seguimos e cruzamos por duas vezes. Pouco depois viramos de forma acentuada à direita e iniciamos o regresso à Portela de Leonte seguindo um velho trilho em direção à Fraga do Suadouro, Redondelo e Covelo, percurso com magnificas panorâmicas sobre Campo do Gerês e Albufeira de Vilarinho das Furnas.

Pontos de interesse:
- Casa de Leonte
- Falha geológica Gerês/Lobios
- Portelo do cão
- Portela – Serra Amarela e Serra do Gerês
- Pé de Cabril (formas graníticas)
- Abrigo do Prado Amarelo
- Prado Amarelo
- Filão aplítico em bloco granítico
- Muro do Penedo Furado
- Silhas do Corro do Velho
- Vale encaixado do Ribeiro da Roda
- Depósito Fluvial – aluvião

OBS.
- O trilho é belíssimo com paisagens deslumbrantes do Gerês e albufeira de Vilarinho das Furnas.
- É um trilho difícil, apesar de o classificar-mos como moderado, principalmente para os menos habituados, devido aos fortes declives. Quem não estiver preparado fisicamente pode ser uma experiência dolorosa.
- Recomendam-se cerca de 7 horas para percorrer todo o caminho e tomar contacto com os vários pontos de interesse de valor natural, culturais, geológicos e paisagísticos do local.
- O trilho está localizado em Área de Proteção Parcial de Tipo I, segundo as regras do PNPG, não é permitido a grupos superiores a 10 pessoas a realização deste percurso sem autorização prévia.
Waypoint

FALHA GEOLÓGICA GERÊS/LÓBIOS

Waypoint

LINHA DE ÁGUA

Waypoint

PANORÂMICA PÉ DE CABRIL

Waypoint

CANCELO - PORTELO DO CÃO

Waypoint

BIFURCAÇÃO (PÉ DE CABRIL - VARZIELA)

Waypoint

PORTELA (SERRA AMARELA / GERÊS)

Waypoint

PRADO TIROLIRÃO

Waypoint

SOPÉ PÉ DE CABRIL

Waypoint

PASSAGEM ESTREITA

Waypoint

CUME PÉ DE CABRIL

Waypoint

LINHA DE ÁGUA

Waypoint

FORMAS GRANÍTICAS

Waypoint

PRADO AMARELO

Waypoint

FONTE

Waypoint

PRADO GAMIL

Waypoint

MURO DO PENEDO FURADO

Waypoint

SILHAS DO CORRO DO VELHO

Waypoint

VALE RIBEIRO DA RODA

Waypoint

PANORAMA CAMPO DO GERÊS

Waypoint

CANCELO

Waypoint

LINHA DE ÁGUA

Waypoint

PORTELA

Waypoint

PANORAMA ALBUFEIRA VILARINHO DAS FURNAS

Waypoint

ALUVIÃO (DEPÓSITO FLUVIAL)

Waypoint

VALE DO RIBEIRO DO SARILHÃO

Waypoint

RIBEIRO DO SARILHÃO

Waypoint

MIRADOURO ALBUFEIRA VILARINHO

Waypoint

PANORAMA DO PRADO

5 comments

  • PicosAlpinos Dec 18, 2016

    Mais uma descrição e foto reportagem que nos deixa com vontade de pegar na mochila e ir... já está nos meus favoritos! Obrigado pela partilha

  • Photo of LosK2delasKumbres

    LosK2delasKumbres Dec 22, 2016

    Hola Caminhantes,

    Feliz Natal, Boas festas na companhia de seus entes queridos e muitos montanha 2017

  • Photo of Caminhantes

    Caminhantes Dec 27, 2016

    Gracias LosK2delasKumbres!
    Boas festas e um Novo Ano cheio de bons momentos na montanha!

  • Photo of jvilarinho77

    jvilarinho77 Dec 28, 2016

    I have followed this trail  View more

    28-12-2016
    (solo trek)
    Trilho deslumbrante e variado, a repetir em breve!
    Considero um trilho de dificuldade "difícil", acima de tudo para desencorajar candidatos em forma física aquém do exigido pelo percurso (muitas subidas e descidas).
    Muita atenção na subida ao cume, não é difícil mas requer concentração.
    As 7 horas são uma boa estimativa para quem se quiser aventurar, no meu caso fiz em pouco mais de 5:30 mas pressionado pela preocupação de não chegar depois do por do sol e com refeições muito leves sem parar a caminhada.
    Ao autor Caminhantes o meu muito obrigado pelo magnífico dia que me foi permitido pela vossa partilha do percurso.

  • Photo of medusaw

    medusaw Jun 4, 2017

    Onte fixen o thrillo e pareceume difícil, estou acostumada as montañas galegas e alí hai menos pedras! Máis é de recoñecer que é unha ruta asombrosa, ainda que non poidese subir polas escaleiras ao pe do Cabril por ser demasiado alto e vertixinoso.. o camiño ten moitísimas mariolas polo que faise máis doado de seguir, impresionates vistas hacia a serra amarela, o río Homem, quédome co bo recordo das grandiosas penedas con formas esculpidas polo vento, as profundas gargantas, e os transparentes e fresquiños riachuelos, o curral de Prado..as pernas xa están pra outra! Obrigada sempre por compartir con todos nós!

    Saudos!

You can or this trail